O método DMAIC

DMAIC é um método de análise e solução de problemas utilizado sempre que a causa raíz for desconhecida. Sua aplicação é dada em 5 fases estruturadas e sequências (Define, Measure, Analyze, Improve e Control) onde cada fase tem o seu objetivo pré-estabelecido.


A origem do DMAIC está vinculada ao Seis Sigma, pois o método nasceu junto com a filosofia, primeiramente na Motorola, onde sua aplicação era apenas MAIC, e posteriormente na GE, onde identificaram a necessidade de fazer a clara estruturação do escopo, antes da sequência de execução do projeto, com isso foi introduzida a fase Define.


As pessoas tem a errônea impressão de achar que o DMAIC é algo complexo e difícil de ser aplicado, isto acontece devido a "pressa" pela tomada de ação e solução dos problemas. Contudo com disciplina e paciência é possível aplicar o método tranquilamente, pois a complexidade estará mais relacionada ao problema do que ao método. Lembrando que independentemente do nível de ferramentas utilizadas (White, Yellow, Green ou Black Belt), o método não muda.

Vejamos a seguir um pouco mais de cada fase.

Define (Definir) - Estruturar o escopo do projeto.

Nesta primeira fase as energias se concentram em analisar e validar os dados referentes ao problema sobre o qual o projeto foi definido. Muitas vezes a escolha do tema dos projetos acontecem em um momento anterior e sobre uma ótica macro (planejamento estratégico), a fase define é onde a equipe valida o problema.

Para isto devem ser realizadas as seguintes atividades:

  • Avaliar o comportamento do problema ao longo tempo (indicador);

  • Definir as metas do projeto;

  • Definir as fronteira do projeto;

  • Elaborar o cronograma do projeto;

  • Emitir o contrato do projeto.

Measure (Medir) - Validar o sistema de medição e focar o problema.

Na segunda fase, deve ser executadas duas atividades principais, primeiramente avaliação do sistema de medição para garantir que os dados refletem a realidade. Em seguida a estratificação do problema, de forma a focar a atuação da equipe, por exemplo: para resolver o problema de máquina parada é bem abrangente, já máquina parada por falhas de elétricas na linha de corte é mais focado. Se o problema for relacionado a tempo ou otimização de atividades o foco pode ser dado através da identificação do gargalo.

Em geral devem ser realizadas as seguintes atividades no Measure:

  • Avaliar o sistema de medição (MSA);

  • Se necessário, corrigir o sistema de medição;

  • Coletar dados para estratificar o problema;

  • Estratificar o problema;

  • Definir as metas específicas do projeto (lembrando que ela deve ser suficiente para atender a meta geral).

Analyze (Analisar) - Encontrar a causa raíz do problema.

Esta fase é a mais importante do método, pois nela é que as causas raizes do problema são identificadas. Para isto, a equipe deve ir ao Genba, ou seja, no local onde as coisas acontecem e deve envolver os especialistas dos processos, pois ninguém conhece mais do processo do que quem o vivencia todos os dias.

Na prática há dois caminhos possíveis de seguir, dependendo da caracteristica do problema:

Se o problema for relacionados a tempo:

  • Mapear as atividades do processo;

  • Fazer a medição dos tempos das atividades;

  • Identificar atividade AV e NAV (Agrega Valor e Não Agrega Valor).

Se o problema não for relacionados a tempo - O mais comum de ser aplicado:

  • Levantar as possíveis causas;

  • Agrupar as possíveis causas por afinidade;

  • Encontrar as causas raízes.

Improve (Implementar ou Melhorar) - Propor, avaliar e implementar soluções.

A quarta fase é a mais aguardada pela equipe, pois é somente nela em que o foco será melhorar o processo. Por isso, é de fundamental importância a disciplina na execução do método, não se deve "colocar a carroça na frente dos bois". Outro ponto importante da fase improve é que a equipe deve usar da criatividade, visto que há milhares de formas de resolver a mesma causa raíz, e uma análise superficial de soluções, pode impedir que ideias melhores (custo x rendimento) sejam implementadas.

As atividades que devem ser realizadas nesta fase são:

  • Levantar o máximo de soluções possíveis;

  • Avaliar o custo benefício das soluções para priorizar as melhores;

  • Implementar as soluções priorizadas.

Control (Controlar) - Garantir o resultado ao longo do tempo.

Após a implementação das soluções a equipe deve avaliar o impacto no indicador do projeto, com isso há três possíveis saídas para a fase Control:

1 - Não houve melhora significativa no indicador do projeto: Neste caso a equipe deve retornar à fase Measure e avaliar se o foco problema foi bem definido.

2 - Houve melhora significativa, porém não houve atendimento à meta: Neste caso a equipe deve retornar a fase Analyze e avaliar se houve o estudo aprofundado de causa para todas as potencias causas ou retornar a fase Improve e avaliar se não houve alguma solução proposta não implementada que pudesse gerar um ganho significativo.

3 - Houve mudança de patamar no indicador com atendimento da meta do projeto: Esta é a saída mais aguardada, pois é o sucesso do projeto. Uma vez alcançada a equipe deve realizar as atividades de sustentação das mudanças:

  • Criar ou atualizar padrões;

  • Treinar os usuários nos novos padrões;

  • Avaliar a replicação do projeto em novos cenários.


Posts Em Destaque
Arquivo